Resolvi mudar de editora.

Não tenho o que negar a respeito do ano de 2012. Conquistei inúmeras vitórias, como publicar meu primeiro romance, Sol em minhafaah1 Noite, pela Editora Modo Tradicional. Toda a minha vida sofreu uma drástica mudança, primeiro porque eu apenas precisava desse empurrão para confiar em meu talento e amor pela escrita; segundo porque eu não queria ser uma autora, eu queria ser escritora e para isso deveria levar a sério a minha carreira, ao contrário de viver rodeada por uma manta de egocentrismo e elogios fabricados oriundos de outras entidades de caráter e inteligência duvidosas. Assim, dediquei-me ao prosseguimento da minha carreira sempre visando aumentar a qualidade dos meus escritos, minhas publicações, e por assim em diante. Quem lê meu material desde o início sabe muito bem como as mudanças afetaram bastante, e graças, de forma positiva. Terminei dois romances no ano de 2012, e ainda tive que trabalhar pesado na divulgação da minha obra e meu nome, o que tomou um tempo imenso. Foi através dessas batalhas diárias e tropeços que aprendi bastante sobre o processo pelo qual um romance, após ser aceito para a publicação, enfrenta. Não é fácil, meus caros. Confesso que antes de adentrar nesse mundo do mercado literário, eu sonhava como uma tola que tudo era muito simples, se resumiria em apenas ter o original aceito e ponto, meu trabalho estava finalizado. No entanto, em vias práticas não foi bem assim. Eu abdiquei de outras possibilidades para centralizar a minha força de trabalho no ramo literário. Vejam bem, eu era como uma criança que acabara de descobrir ser capaz de grandes feitos, mas que isso envolvia uma determinada parcela de responsabilidade, e eu estava segura sobre as minhas. Porém, para minha decepção, percebi tarde demais que as vias práticas adotadas pelas demais pessoas inseridas nesse nicho, não estavam de acordo com a minha, ocasionando um acúmulo de responsabilidade sobre as minhas costas.

E como se todo esse sistema de mercado literário não estivesse satisfeito com as somas injustas que me foram empurradas, precisei me armar com muita cautela, bebericar até a última gota de paciência ­– acumulada por anos ­– para ter a qualidade e o respeito prometido diante contrato jurídico. O livro ganhou vida com seus deslizes –não devido a trama, a narrativa, o estilo, e sim a todo o processo pelo qual passou –, com prazos que não foram cumpridos, metas olvidadas devido o exagero de comodismo de outros… E a lista tende a crescer. Os mais íntimos possuem total consciência das batalhas eclodidas e das vitórias conquistadas, todavia, como uma boa indomável e uma pessoa que recebeu educação suficiente, derrubei as barreiras e busquei o melhor, não somente para a minha carreira, mas para todos aqueles que apostaram em mim, compraram o meu livro e se deliciaram com o que tenho a oferecer.

Assim, meus caros companheiros indomáveis, passo a informação que desde o início desta semana, eu, Faah Bastos, estou com novos rumos literários em relação a editora, me firmando em um novo ambiente de trabalho. Para aqueles que estavam esperando o momento certo para comprar meus livros (Sol em minha Noite e O Doce Veneno da Ambrósia), por favor aguardem, pois não serão mais lançados pela Editora Modo Tradicional. Em breve passarei as informações do meu novo lar editorial, e adianto que já estou perto de revelar.

Agradeço as lições aprendidas das vitórias e tropeços, e o apoio que recebi dos meus leitores. Mudanças são boas quando arraigadas ao melhor, ao que há além, e é exatamente isso que estou informando: eu mudei!

Gostou? Compartilhe!
Faah Bastos
trintona, escritora nas horas tortas, estudante de Psicologia, professora e louca por bichos!🌟
Post criado 162

2 comentários em “Resolvi mudar de editora.

  1. Uau, uau, uau! Primeiramente, eu concordo com você quando falou de todas as dificuldades de venceu até ter Sol em minha noite na mão, e as outras dificuldades que teve para divulgá-lo, que… rapaz, não é brincadeira não. Fico extremamente feliz por você ter conseguido seus leitores (assim como eu) e torço e ajudo para que você consiga muitos outros, porque se as palavras passam por qualquer barreira, então, as tuas, serão capazes de derrubá-las. Eu admito que continuo divulgando seu trabalho maravilhoso. E por fim, estou feliz por mais uma vitória. Feliz pela mudança de Editora, feliz por tua mudança. Quando não dá mais certo, então o certo é isso, correr atrás do melhor. E estou louca pra saber qual é a editora, e comprar novamente Sol em Minha Noite. u____u
    Um beijo, patroa!

    1. Muitíssimo obrigada pelas palavras, sempre me apoiando, em?
      O apoio é fundamental nessas decisões e todas as demais relacionadas a carreira literária. Busquei o melhor e consegui, isso é o que importa.
      Mais uma vez, obrigada.
      Beijos!!!

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo