FRAGMENTOS

Abra a janela do paraíso, permita que o céu seja emoldurado nesse canto sombrio. Deixa o vento varrer as folhas secas para debaixo da cama, ainda há tanto de nós a ser vivido. Vamos nos permitir um pouco de cada vez, sem pressa, sem necessidade em sermos grandes quando tudo que vale a pena cabe em uma única palavra – amor. O sopro do dia irá retirar a poeira das nossas memórias, fará montinho de sujeira no canto da sala. Faremos uma faxina em nossos corações, recomeçando bem devagar; mãos unidas, dedos entrelaçados, beijinhos trocados em silêncio, assim seguiremos a vida.

.

Gostou? Compartilhe!
Faah Bastos
Resido na casa de Escorpião, 29 fucking anos. Eu não tenho um blog. Eu escrevo em um cafofo virtual. Selfie é uma forma de contar as rugas – eu amo! Escrevo aqui porque ficar calada nunca foi meu forte.
Post criado 231

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo