Meus 28 anos, festas surpresas e felicidade!

Eu sei que demorei quase um mês para escrever este post contando como foi meu aniversário. Falei tanto sobre ele, mas quando finalmente tinha material de como foi a celebração, acabei adiando por motivos variados. Digamos que novembro foi bastante corrido e não facilitou em nada a minha vida para sentar e pensar nas atualizações do blog. Entretanto, agora com a reta final do ano letivo, as festas se aproximando, consegui um tempo, ânimo e inspiração para organizar meu fluxo de posts.

Dia 05 de novembro emplaquei o somatório de 28 anos nas costas. Isso mesmo! 28 anos! Nunca pensei que seria um dia tão divertido assim. Precisei trabalhar, mas foi impossível ficar chateada, afinal, recebi duas festas surpresas dos meus gnomos (alunos do Oitavo e Nono). Eu jamais esperaria tamanha surpresa, ainda maior porque nunca tive uma festa surpresa. É sério! Até este ano, ninguém se prontificou a fazer uma festa surpresa – meu marido até pensou em fazer, mas ele não consegue esconder nada, final das contas, eu não achei que seria uma boa ideia; minha família nem se fala, eu nem lembro quando tive uma festa, pra ser franca, nunca tive.

Houve de tudo um pouco – desde balões nas minhas cores preferidas (preto e roxo) até uma de minhas gnomos recitando um texto lindo. Eu chorei, óbvio, nas duas salas. Sorri, fui abraçada, beijada, amada… Tem forma mais maravilhosa para passar o aniversário? Eu nem tive palavras suficientes para agradecer o quanto fiquei emocionada. Foi absurdamente LINDO!

IMG_20141105_120655

Entrar nos 28 anos de idade com a certeza que estou no caminho certo, não é a tarefa mais simples do mundo, porém uma das mais gratificantes. Conquistar pessoas que passam a admirar partes de sua personalidade, seu carinho e dedicação, é como quebrar barreiras milenares, que permaneceram em nossa jornada desde o início.

Eu tenho tanto a agradecer e mesmo assim sinto-me presa, buscando as melhores palavras. Todavia, espero que meu sorriso e as lágrimas perdidas tenham sido provas suficientes do meu amor incontestável por vocês, meus gnomos lindos.

Depois das festinhas, resolvi que ficar grudada ao marido assistindo os filmes que marcaram minha infância e adolescência, era sinal clássico de perfeição. E assim ficamos… Rimos, dormimos, nos divertimos (interprete da forma que bem entender, rs), nos empanturramos de sorvete, torta, salgados… Foi maravilhoso!

Ano que vem tem mais um ano a ser somado, e não tenho medo. Eu quero mais um, mais dois, mais três… Se ficar mais velha é receber manifestações verdadeiras de amor, então eu aceito todos os anos que ainda me esperam.

Deixo aqui meu sincero obrigada a cada um que colaborou direta ou indiretamente com uma data tão importante para mim. Obrigada pelos presentes, as memórias, as felicitações, os abraços, e a certeza que ficar mais velha é se tornar mais feliz.

Gostou? Compartilhe!
Faah Bastos
trintona, escritora nas horas tortas, estudante de Psicologia, professora e louca por bichos!🌟
Post criado 162

4 comentários em “Meus 28 anos, festas surpresas e felicidade!

  1. Temos a mesma idade, e o mesmo sentimento de querer tudo e mais. Feliz aniversário, e que consigamos todos os objetivos, e que comemoremos muitos aniversários com filmes e diversão (com todas as interpretações possíveis, pq é digno! rs) com os respectivos parceiros (qd eu tiver um, que tá foda esse RJ, mas… huahauhauh).

    Enfim…

    Bjinho e felicidades!

    1. Oi, Dani!
      Quando chegamos nessa idade tudo parece tão diferente, não é? Uma nova forma de ver as coisas, os detalhes…
      Está difícil de achar? Relaxe, também passei por isso sete anos atrás, até que quando menos procurei, encontrei o amor da minha vida.
      Obrigada pelo comentário e adorei seu blog.
      Vou marcar minha presença lá.
      Volte sempre!

  2. Nhaaa, que alunos mais lindos! Nunca vi cena tão fofa, sério. Fico muito feliz só de imaginar a tua euforia. Eu te desejo todo o amor desse mundo, Faah. Que nunca falte poesia na tua vida. E que venham muuuuuuuuuuuuuuitos anos pela frente.

    “Se ficar mais velha é receber manifestações verdadeiras de amor, então eu aceito todos os anos que ainda me esperam.”

    Um beijo imenso <3

    1. Obrigada, Vi!
      Realmente, eu tenho os melhores alunos. Eles conseguiram fazer uma surpresa totalmente inesperada. Fiquei me sentindo bastante amada e recompensada por todo o esforço que tive durante este ano de 2014.
      É, e que venham mais anos ao somatório de minha idade. Já não tenho mais medo disso.
      Beijos, nega!

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo