Eu te amo.

Eu te amo quando a hora dobra e o mundo se silencia, Quando você me olha nua e vê muito mais que as minhas feridas — vê um corpo repleto de marcas construídas, outras que não foram possíveis evitar; quando me abraça por não saber o que dizer, e mesmo assim diz com toques todas […]

Ruminar

As primeiras horas do dia rompem as nuances sombrias de tua barba – Sinais de descontrole, paixão e fúria. Caminhos seguros. Meus dedos resvalam as ondas corpóreas de nós dois. Transição. Corpo. Sexo. Os lábios maltratados do sono se estendem na comissura de tua boca – Tropeço; Bebo; Embriago-me. Laços de anos equilibram a memória. […]

Sou apenas um meio

Sim, estou acordada escrevendo, quase cinco da manhã – Não há hora para a poesia, a literatura. Somos instrumentos das palavras, um meio necessário para a existência do amor, da paixão, dos conflitos que cercam e fecundam a alma de cada indivíduo. Escrever equipara-se a arte, ao poder de invadir e criar essências. Não posso, […]

NEWS!

  A semana anda cheia de novidades, não é mesmo? E agora tenho mais uma, a equipe do blog literário “Roubando Livros”, me convidou para ser parceira deles também como poetisa, e para comemorar publicaram uma das minhas poesias. Eu achei a ideia ótima, primeiro porque é muito difícil achar blogs que falem sobre livros […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo