Sobre as coisas simples da vida.

“Talvez todos nós estejamos perdidos girando em nosso próprio eixo, ou pior, em alguma órbita invisível – despreparados e solitários contornando a imensidão da vida, em uma busca frenética e selvagem para conseguir segurar na calda de algum cometa. E, ao olharmos para a vida, temos a consciência de nossa insignificância. Somos (inacreditavelmente) pequenos. Não […]

Eu sobrevivi a ruína.

Eu cresci. Quando alcancei o ponto máximo de meu limite, de alguma forma eu continuei crescendo – chegando atrasada nos momentos importantes, nas festividades; antecedendo as quedas; revolucionando o desmerecido. Hoje, tenho a impressão que meus desmoronamentos foram propositais. Aos 11 anos, eu era diferente. Descobri que seria diferente e isso me incomodava. Eu queria […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo